terça-feira, 6 de outubro de 2009

Amália - 10 anos depois

Eu não podia deixar passar esta data em branco. Dez anos... diz que é muito tempo... pois a mim parece-me que foi ontem e deve ser da idade com certeza que o tempo passa que nem o vejo...

Quis prestar aqui uma singela homenagem a esta Senhora, que cantou como ninguém, amou como ninguém, e era de uma generosidade avassaladora. Tive o privilégio de me cruzar com ela em circunstâncias descontraídas, daquelas onde as mulheres passam, de vez em quando, um bom pedaço de horas, há alguns anos, não sei se muitos porque como já tive oportunidade de dizer o tempo relativizou-se bastante cá para estes lados..., e fartei-me de rir. Ela "enchia" facilmente uma casa e sei, que se ela cá pudesse voltar e se quisesse mexer aqui pela Internet, haveria de ficar muito triste por ver que, a todos os seus vídeos que circulam no YouTube, foi retirada a possibilidade de serem incorporados.


Mas que não seja por isso! Quem a quiser ouvir e ver, mais bonita do que nunca, carregue aqui.

3 comentários:

CF disse...

Homenagem mais do que merecida. Já cliquei, como não podia deixar de ser. A par com o Barco Negro e Ai Mouraria, Lisboa Antiga é um dos de minha eleição.

Leididi disse...

Então fazes uma homenagem à senhora e pões uma imagem da Sandra Barata Belo no pior filme que alguma vez se fez sobre a sôdona Amália?

Antígona disse...

Pronto! Estava tão parecida!... lol