quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Prosopagnosia

Sou tida como “distraída” ou “um pouco excêntrica”. A minha sócia desculpava-me com a idade quando eu, repetidamente, “desconhecia” os amigos que entravam porta adentro semanas a fio, e os meus filhos “dão-me um certo desconto” quando chamo João a um António ou Teresa a uma Alice.
Já cumprimentei gente desconhecida e já ignorei gente que era suposto conhecer.
Isto nada tem a ver com a idade porque eu fui sempre assim – não fixo rostos.
Acabo de descobrir o nome da “coisa” – prosopagnosia.

5 comentários:

Nuno Andrade Ferreira disse...

Acabaste de acender uma luz na minha vida. Agora tenho um nome para isto.

Inês disse...

Sou igualzinha... tenho isso portanto, nome feio!
Beijinho

CF disse...

Ao menos tem um nome pomposo :):)

A NOSSA LOJA - ELECTRODOMÉSTICOS disse...

Olha, também sou isso, esse palavrão. Mas campeã mesmo era a minha avó Joaquina, que dizia meia dúzia de nomes até acertar :):)

a sócia disse...

Está tudo explicado... Mas posso continuar a chama-la de "avó" quando isso acontecer? Habituei-me...