segunda-feira, 21 de março de 2011

Governo de Salvação Nacional

Não me parece bem que, no estado a que chegámos, ainda se vá perder tempo e dinheiro, que não temos, em eleições – não me parece bem. E não estou sozinha.
Talvez o ser humano em geral, ou o português em particular, sofra da tão badalada “atracção pelo abismo” e, quanto mais perto está dele, mais passos em frente dá!
Um Governo de Salvação Nacional! Eis o que nós precisávamos – Um Governo de Salvação Nacional.
Assim, o presidente da República (e afinal ele serve para quê?!), elegia um governo composto pelos crème de la crème. Sem atender a idades, partidos ou disponibilidade – os escolhidos não poderiam recusar. E seriam os melhores; os mais profissionais; os mais capacitados para nos tirar deste buraco em que esbracejamos para não nos enterrarmos, sem saber ainda muito bem se se vai enchendo de lodo ou de água e se deveremos temer as chuvas ou a seca.
Um Governo de Salvação Nacional. Porque, a votos – não vamos lá.
É que nem sei em quem votar! Se voto em branco estou a cavar; se voto à direita ponho em risco tudo aquilo porque se lutou tantos anos – o estado Providência que, diga-se em abono da verdade, é um dos grandes berbicachos a resolver; se voto à esquerda arrisco-me a acordar no País das Maravilhas, Terra do Faz-de-Conta!
Tempo e dinheiro! Vamos perder tempo e dinheiro!

8 comentários:

Anónimo disse...

Cuidado com a tentação da facilidade e a ilusão de neutralidade de um "pai comum", ditador, pela certa.

A NOSSA LOJA - ELECTRODOMÉSTICOS disse...

O nosso presidente revela a sua melhor qualidade - ficar calado.
Governo de salvação, só se não incluir filiados partidários.
Eleições? Bem... a malta podia votar através dos Censos, poupava-se uma 'croas.
Bem dizíam os romanos...

Sputnick disse...

O nosso PR, perante esta situação, faz o que melhor sabe fazer - ficar calado.
Governo de salvação? Só se incluir gente não filiada nos partidos.
Eleições? Bem... podiam aproveitar o Censos, e votava-se na folha do inquérito, poupava-se uma 'croas.
Bem dizíam os romanos...

MB disse...

Pois eu até concordo com a ideia, o problema é mesmo a seleção ser feita pelo atual PR, é q não me inspira credibilidade nenhuma e tinhamos um Governo de Salvação Nacional para os amigos do Cavaco se «governarem»...

Goldfish disse...

Eu concordo consigo, o meu problema é o do/a MB... A crème de la crème para o nosso PM está toda envolvida no escândalo do BPN!

Maria_S disse...

Havia eleições e se calhar ganhava o PSD, mas não acredito que ficasse melhor, por isso deixa lá estar este que assim sempre poupamos o dinheiro das eleições.
Essa história dos escolhidos até nem era má, mas tinham de ser mesmo bem escolhidos.

Inês disse...

- E depois vem o coelhinho!
- Não, não, o coelhinho foi com o Pai Nata e o Palhaço no comboio ao circo!

Querida Antígona, desculpa a piadinha, mas não parece real? O coelho, o palhaço, o pai natal... todos a caminho do Circo??

Antígona disse...

E que circo, Inês, que circo!!