quarta-feira, 17 de agosto de 2011

O chá das insónias


Não sou da noite. Nunca fui, de resto. Adoro a manhã e a única oportunidade que tive de assistir a um nascer de sol nunca encontrou igual nas inúmeras despedidas do astro rei a que assisti. O fim da tarde adormece-me enquanto a manhã não se limita a acordar-me – envivece-me. Daí que tenho estranhado este horário para lá do comum que tenho experimentado nestes últimos dias. Chegar a casa às onze da noite é estranho. Não é desagradável – é estranho. Como tudo aquilo que se muda, mesmo que temporariamente.

Mas continuo a não gostar da noite. E por isso dou por mim a zarpar – que é mesmo o termo – a zarpar o mais depressa que posso para chegar depressa a casa, espreitar-vos por aqui e dormir, depressa também que amanhã o dia começa muito cedo. 

Creio que hoje não devo ter sido a única com esta pressa que existe sozinha, sem fundamento nem propósito. Em cima do tabuleiro da ponte estavam enfaixados três. Rodas para um lado, carros para outro. Ninguém se magoou mas os estragos eram consideráveis. E a pressa, que todos os dias passa de mim para o carro, recolheu-se em mim e só espero que me deixe dormir porque duas noites seguidas de insónias é que não pode ser.

Pelo sim e pelo não, já bebi um chazinho.

4 comentários:

Clara disse...

Ehehehe...atenção que a maioria dos chás tem cafeína e lá se vai uma noite bem dormida ;)

Espero que recuperes rápido!

Beijo

Sputnick disse...

Bem, existem outras formas de chamar o sono, como por exemplo "moer" o corpo, ifiúnauóramin, :):)

CF disse...

Também não sou da noite. Em tempos de adolescente, por vezes, esticava qualquer coisa, mas a minha mania de acordar cedo, não me permitiam grandes aventuras. Enquanto o resto vinha de madrugada, e dormia aos Domingos, eu vinha mais cedo e acordava de manhã. Também gosto das manhãs. Foram raros os dias em que as perdi por completo. Devem contar-se pelos dedos das mãos...

Antígona disse...

Querido amigo Sputnick - I know what you mean mas para isso são precisos dois e a não ser que eu desate para aqui a correr à volta do quarteirão (coisa que não me apetece de todo) não sei como possa seguir o teu conselho :):)
Clara: é chá verde e espero que não tenha cafeína :)
CF: :)