sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Desabafos

Com esta história da internet todos os dias me entram pela casa dentro conselhos, pontos de vista, filosofias de vida.
Frases que me chamam a atenção para a suposta sabedoria, e todas as vantagens que ela acarreta, da minha idade. Outras que me dizem que ainda agora estou a meio do percurso já que a esperança de vida aumentou consideravelmente.
Se der ouvidos às primeiras fico com a sensação que pouco mais há para fazer, crescer ou aprender.
Se der ouvidos às segundas dou por mim a pensar que ainda agora comecei. E não sei se isso me agrada. Quando olho para trás vejo tanta vida vivida que temo não ter imaginação para outro tanto.
Diz-se que o Homem sempre sonhou com a imortalidade. A mim parece-me que esses são sonhos próprios de quem ainda mal começou. Não sei se serão sonhos de velhos…
Quando penso em imortalidade lembro-me dos elefantes e da forma como se arrastam por este planeta. Claro que também me vem à memória o Manuel de Oliveira. O problema é que a maior parte de nós não concretiza os seus sonhos pelo que se torna mais penosa e mais cansativa esta, até aqui breve, passagem.
Assim, por um lado me alegro pensando no manancial de hipóteses que ainda tenho. Por outro me canso só de pensar que ainda tenho de andar por cá outro tanto. Enfim…desabafos…

2 comentários:

ILG disse...

Olha! a Proge!

Antígona disse...

E não é que é mesmo! :):)