quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

O Antónimo de Ciúme

Há poucos dias perguntaram-me qual é o antónimo de ciúme. Apanhada de surpresa ainda hesitei mas depressa concluí que não existe nenhuma palavra que seja antónima de ciúme.
Mas então dá-me uma palavra que possa servir, pedia-me o meu amigo. Voltei a pensar e veio-me à ideia que o contrário de ciúme só poderia ser amor.
A que é que se apela quando se quer combater um sentimento tão destrutivo como o ciúme? Ao amor. Quanto mais amo, menos quero possuir. O amor é um sentimento tão espesso que não deixa lugar a mais nenhum. É, portanto, a maior arma. Difícil de manobrar. Mas a maior.

2 comentários:

Miguel disse...

Mas ai, quem o diria,
Oh ironia!,
Esse Senhor
(Digo o Amor),
É uma faca de dois gumes,
Que te atrai
E te distrai
E vai direita ao ciúme...

Anónimo disse...

OLA