sábado, 6 de dezembro de 2008

Fazeres

Agora que já sabemos fazer tudo, vamos aprender a estar sem fazer nada.

1 comentário:

Miguel disse...

Retórica. Parece convencer mas segue uma falácia: Quem sabe fazer tudo?
Nunca poderemos fazer nada até porque, logicamente, fazendo nada, estaremos sempre a fazer qualquer coisa...