quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

A Minha Sócia

A minha sócia tem idade para ser minha filha e eu esqueço-me disso tantas vezes quantas me esqueço da idade que os meus filhos ainda têm.
Exijo de todos, e se não exijo dou por mim a esperar, um comportamento conforme à minha experiência e não à deles.
A minha sócia não se apercebe que eu me apercebo do seu nervosismo e do seu medo, só porque eu não lhes dou grande importância. E ela não sabe que não lhes dou importância porque acredito e confio nela, porque sei das suas capacidades mais do que ela.
A minha sócia sente muitas vezes que eu não valorizo o seu esforço - está muito enganada.
A minha sócia pensa que eu não aceito as nossas diferenças quando na verdade eu sei que as diferenças são enriquecedoras, é preciso é que eu as veja como diferenças.
A minha sócia não sabe que aquilo que espero dela é conforme ao respeito que sinto por ela. Como também não sabe do quanto eu gosto dela. Não sabe porque eu nunca lhe digo e, provavelmente, parva como sou, nem nunca lho demonstro.

3 comentários:

AMS disse...

Epá, acabou de fazer a sua sócia chorar!

E agora estou sem palavras que é coisa que raramente acontece.
Obrigada por tudo, por confiar e acreditar e também por me ter dado a oportunidade de realizar um sonho!

Beijossssssssssssssssss

Alminha Mariana disse...

A sua sócia é uma menina!! Mas com palavras destas, desarma qualquer uma! Uma beijoca para as duas!

Leididi disse...

Olha oh sócia, tens mais sorte que eu, que ainda não tive direito a um post. :p está muito lindo.